O programa é uma iniciativa da Associação de Arte, Cultura e Esporte (AACE)

No último sábado (15), o “Bola Bacana” finalizou suas atividades, que tiveram duração de um ano, na quadra da escola Zenon Cleantes Moura. Com muita festa, foram entregues medalhas referentes aos “bolotas”, boletins feitos durante a execução do projeto.

Na oportunidade, compareceram cerca de 60 alunos, os familiares dos jovens, o presidente da AACE, Basileu Alves, patrocinadores e coordenadores do “Bola Bacana”.

O evento contou com atividades recreativas, como jogos de futsal e handebol, duas das quatro modalidades oferecidas às crianças pela iniciação. Além disso, pipoca e algodão doce também foram motivos de muita alegria para os alunos fecharem as atividades com chave de ouro.

Segundo o coordenador técnico do projeto, Evandro Silveira, além do belo trabalho escolar e social realizado, vale destacar a participação da comunidade e familiares nos trabalhos realizados. “Foi incrível o que eles fizeram, tiveram uma contribuição enorme em tudo o que construímos aqui em Cubatão. As homenagens feitas para as mães, foram mais que merecidas”, diz.

O projeto executou o acompanhamento escolar bimestralmente. Os professores e coordenadores, juntamente com a diretoria das escolas, tiveram acesso às notas, faltas e avaliação do comportamento das crianças.

Outra questão que chamou atenção durante os doze meses de atividade, foi a cooperação e união entre os alunos. A evolução da comunicação e interação entre os jovens ficou explícita ao final do projeto, assim como o desenvolvimento físico e motor que os exercícios e modalidades proporcionaram.

O “Bola Bacana, iniciativa da Associação de Arte, Cultura e Esporte, conta com o patrocínio da Usiminas por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte e com o apoio da Prefeitura Municipal de Cubatão e do Instituto Cultural Usiminas.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *