A atividade contou com a presença do rapper Leser MC, que tem participação ativa em diversos projetos sociais

Os alunos do “Dança Bacana” realizaram uma oficina de RAP com o intuito de exercitar outras formas de manifestações artísticas. A atividade realizada no início de maio, em Leme, contou com a participação do rapper Leser MC.

Na oportunidade, o músico mostrou aos alunos como as batidas desse gênero são feitas e o modo com que elas poderiam ser usadas para realizar críticas sociais. Com base nisso, as crianças adequaram o som ao tema trabalho infantil, questão que vários participantes vivenciam fora do projeto.

A atividade auxiliou também nas coreografias que serão apresentadas em eventos futuros do projeto.

O coordenador do projeto, Chico Aguiar, comenta a importância da oficina e como ela pode influenciar positivamente na formação dos alunos.

“A oficina de RAP  se torna mais um meio de manifestação para os alunos. Eles estão aprendendo formas pacíficas para protestar contra as mazelas da nossa sociedade. Desse modo, formamos pessoas capazes de se manifestar e participar do mundo”, destaca.

Leser Mc

Pelas ruas da periferia de Ribeirão Preto é onde nascem as rimas de Elieser Pereira, artisticamente conhecido como Leser MC. Incomodado com a violência urbana, o compositor sempre esteve envolvido em projetos culturais.

O rapper gravou de forma independente, em novembro de 2009, “Meu Esporte”, álbum que trazia rap, rimas e poesias que tratavam dos fatos cotidianos. Em 2012 lançou um EP, com distribuição limitada, sob o título de “Convicções”. O músico compôs ainda, no mesmo ano, dois videoclipes que complementam o EP lançado.

Sobre o projeto

O programa conta com o patrocínio da TS Tech, por meio da renúncia fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Produtos e Serviços), garantido pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC-ICMS).

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *